A Música de Gurdjieff / de Hartmann – Parte 1

A Música de Gurdjieff / de Hartmann – Parte 1

No decorrer de sua busca para compreender todas as facetas da natureza humana, Gurdjieff se convenceu de que a música de diferentes culturas preservava e revelava características essenciais dessas culturas e também transmitia significados mais profundos enraizados em suas tradições. Ele possuía uma extraordinária capacidade de lembrar as intrincadas melodias que ouvia durante os vinte anos que passou vivendo e viajando pela Ásia Central e pelo Oriente Próximo. Essas “gravações” foram essenciais para o trabalho que viria a seguir.…

Penso que a música tem de ser tomada…

Penso que a música tem de ser tomada…

Penso que a música tem de ser tomada como um verbo – uma ação, um movimento em direção a uma continua mudança, uma busca contínua, por vezes inquestionavelmente tocando um enorme paradigma e tocando uma campainha que põe todos os nossos diapasões interiores a tocar.Quando isso acontece, algo se ordena no ouvinte, uma conexão com outra energia que, pelo menos por um momento, nos torna completos? “A música ajuda a nos manter em contacto com todo o mundo vibratório”,…

Trabalhar o equilíbrio das três funções: corpo, emoção e intelecto

Trabalhar o equilíbrio das três funções: corpo, emoção e intelecto

(…) A atividade de música, dentro da atmosfera da Educação Etievan, tem uma relação muito forte com o corpo. Todo ofício de tocador passa por uma relação com o corpo – uma relação que é essencialmente de relaxar as partes tensas, que são um impedimento à ação musical. O desenvolvimento da técnica é muito mais nessa direção do que forçar alguma coisa: é ter consciência do que está tenso e relaxar. As tensões existem no corpo, mas estão relacionadas…

Rolar para cima